Domingo, 11 de Agosto de 2013

 

A memória do padre Max e da sua aluna e camarada Maria de Lurdes Correia não se desvaneceu. O envolvimento do cónego Melo nas suas mortes é tão provável que o PSD e o CDS-PP se abstiveram na votação para o eregimento desta pouca-vergonha proposta por um grupo de cidadãos revivalistas bacocos e apoiado pelo executivo da Câmara Municipal de Braga.


O Supremo Tribunal de Justiça outrora absolveu os suspeitos e arguidos - apesar da desconfiança e do desconforto da sentença pouco convincente - mas nunca esteve fora de questão o suporte moral do homenageado ao grupo de extrema-direita MDLP que alastrou o terror e o sangue por várias sedes de forças partidárias de esquerda e respectivos militantes.


O capital simbólico [Pierre Bourdieu] tem mais força do que pensamos e é demonstrativo dos tempos de retrocesso em que vivemos. A estátua não é de somenos; é uma exteriorização dos habitus que nos estão a ser incutidos intelectual e culturalmente por uma minoria económica que exterioriza o seu predomínio social através de inúmeros recursos.

Que se construam mil monumentos à socapa, que nenhum tem mais força que o imaginário daqueles que viveram ou estudaram Abril de 1974 e o percurso até aqui. 

 






 



publicado por Frederico Aleixo às 10:58 | link do post | comentar

2 comentários:
De VERITAS a 13 de Agosto de 2013 às 18:53
- Só estamos no facebook, só é possível estátuas serem vandalizadas sem rolarem cabeças, só é possível discutirmos isto abertamente e irmos para casa tranquilos, porque "alguém (s)" não deixou que Portugal fosse uma "Coreia do Norte2". E Esses não foram seguramente aqueles que hoje incitam jovens bem intencionados (mas desconhecedores dos verdadeiros factos) a fazerem destas coisas

A verdadeira liberdade de um Homem não é vandalizar estátuas, mas sim ser capaz de pensar por si próprio e não ser um mero carneiro neste rebanho liderado por uns quantos políticos de merda que procuram TODOS (e mesmo todos) o mesmo fim, ie, proveito próprio.

…às “ovelhas” tudo perdoamos, já não se pode dizer dos “pastores”!


De De a 14 de Agosto de 2013 às 00:04
Só estamos no facebook?
Mas estamos a falar de coisas sérias ou estamos a falar nos brinquedos pessoais das pessoas por mais sugestivos e inebriantes que possam parecer aos que assim o invocam como primeiro mandamento?

Coreia do Norte?Mas alguém queria que Portugal fosse uma Coreia do Norte?
Pelo material que tenho lido foi sempre reivindicado um caminho próprio para Portugal sem extrapolações de qualquer espécie. Fico assim a aguardar o material historiográfico que permitiu ao Veritas formular tão bizarro juízo. A menos que se trate apenas de propaganda vã e manipuladora. E isso é muito feio.

A tentativa de juntar todos os "políticos" num molhe e fazer generalizações como a que faz é própria duma ovelha que segue esse rebanho dos "políticos serem todos iguais".
De facto não o são. E só pessoas completamente cegas e obedientes a pastores de causa desconhecida podem proferir tal. Porque aí o que releva é a má fé. Por exemplo entre os que clama dizer a verdade há uns que se arrogam legitimamente o nick de Veritas .Há muitos até com tal nick .E nesta população que assim tenta fazer passar a sua mensagem há uns que dizem a verdade, outros que dizem o que pensam ser a verdade, uns que manipulam outros que simplesmente mentem.
Todos iguais?
Ó Veritas . Francamente. Isso nem é próprio de alguém que pastoreia rebanhos ou que se faz passar por ovelha



Comentar post

Catarina Castanheira

Fábio Serranito

Frederico Aleixo

Frederico Bessa Cardoso

Gabriel Carvalho

Gonçalo Clemente Silva

João Moreira de Campos

Pedro Silveira

Rui Moreira

posts recentes

Entre 'o tudo e o nada' n...

Le Portugal a vol d'oisea...

Recentrar (e simplificar)...

Ser ou não ser legítimo, ...

O PS não deve aliar-se à ...

(Pelo menos) cinco (irrit...

Neon-liberais de pacotilh...

Piketty dá-nos em que pen...

Ideias de certa forma sub...

Ideias de certa forma sub...

arquivos

Janeiro 2016

Outubro 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012